Missão é o Filho do Homem em movimento

PARTE 3

Emmaus-Road-400156

Emmaus Road, Hyatt Moore

A missão de Jesus está expressa em Lucas 4.18-19: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pois ele me ungiu para trazer boas novas aos pobres. Ele me enviou para anunciar que os cativos serão soltos, os cegos verão, os oprimidos serão libertos, e que é chegado o tempo do favor do Senhor.” Esse trecho foi lido pelo próprio Jesus em um dos sábados em que foi à sinagoga, em Nazaré, como era seu costume.

A mesma passagem na versão Almeida Revista e Corrigida – “O Espírito do Senhor é sobre mim, pois que me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a apregoar liberdade aos cativos, a dar vista aos cegos, a pôr em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor” –mostra claramente alguns verbos, que resumem a missão de Jesus: pregarcurar e libertar. Entre as ações missionárias de Jesus, o ensino (pregação) era uma das mais recorrentes. Na narrativa de Lucas há cerca de vinte referências ao verbo “ensinar”, e os ambientes para o ensino eram diversos: no monte, na sinagoga, de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, em lugares desertos etc. Para ensinar, o método preferido do Mestre era a contação de histórias – as parábolas. Lucas apresenta o maior número de parábolas proferidas por Jesus, um total de 28.

Também há um grande número de registros de milagres efetuados por Jesus: treze curas e sete outros milagres, como expulsão de espíritos malignos. Quando Jesus convoca os doze apóstolos, ele lhes concede poder para expulsar todos os demônios e curar enfermidades. Depois, envia-os para anunciar o reino de Deus e curar os enfermos (9.1-2). O mesmo acontece quando Jesus envia os setenta discípulos: “Curem os enfermos e digam-lhes: ‘Agora o reino de Deus chegou até vocês’” (10.8-9). As manifestações de cura e expulsões de espíritos malignos eram sinais da chegada do reino de Deus.[2]

Missão é o Filho do Homem se movendo e caminhando com seus amigos discípulos. Seja a caminho de Jerusalém, jubilosos e animados para cear juntos na noite de Páscoa, ou na estrada de volta para Emaús, tendo o coração aquecido com as palavras proferidas pela boca do próprio Cristo ressuscitado.

Leia mais
Parte 1 – Missão é movimento: reflexões a partir do evangelho de Lucas
Parte 2 – Missão é o Espírito Santo em movimento

Notas
[2]Carriker (2017) explica que a presença dos sinais serviu e serve não tanto para o povo de Deus, mas para que as nações saibam que Iahweh é o Deus verdadeiro e lhe deem glória. Serve, portanto, a um propósito missionário, com a finalidade de glorificar a Deus. CARRIKER, Timóteo. 35 (todos) milagres do Novo Testamento. Disponível em: <http://ultimato.com.br/sites/timcarriker/2007/10/28/35-todos-milagres-do-novo-testamento/&gt;. Acesso em: 18 set. 2017.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s