Não existe pai herói. Todo pai é um menino

Amanhã completam dois anos que Deus me deu você de presente. Um presente imerecido, um presente que eu não tenho capacidade de cuidar por mim mesmo. Por causa de você, eu enfrento minhas incompetências e medos. Por causa de você, eu aprendo a cada dia o que é amar. Com você vale a pena cada…

Dia 2 #EstágioTranscultural

Como o evangelho pode transformar a feiura do Rio e de Fortaleza? Por volta das cinco e meia da tarde o Sol já começa a se por. E antes das seis da manhã ele levanta. Estamos em Fortaleza, um dos lugares do Nordeste mais procurados por turistas. Aqui fica o maior parque aquático da América Latina,…

É por causa dela que temos uma história

Vó Camé, obrigado por sua garra em criar seus filhos e construir sua família. Obrigado por seu colo e sua rede que embalou tantos netos, bisnetos e tataranetos. Obrigado por sua irreverência que nos faz sorrir tantas vezes. Obrigado pelas conversas no fim da tarde. Obrigado por sua vida, por sua história. A senhora não poderia nos legar outra herança mais preciosa. Parabéns!

O tsunami de lama e a ação da igreja

O maior desastre ambiental provocado pela indústria da mineração brasileira – pela Samarco, empresa controlada pela Vale e pela BHP Billiton – , não pode ser esquecido, nem minimizado. De acordo com a matéria do jornal Folha de S. Paulo, ecólogos, geofísicos e gestores ambientais afirmam que pode levar décadas, ou mesmo séculos, para que os prejuízos…

Banho no tanque, jambo e mijacão: memórias de um curumim

Vale a pena sentar com eles no fim da tarde em frente à casa para ver o movimento da rua e ouvi-los contar suas histórias, mesmo que seja a história repetida da última visita. Afinal, eles têm uma vida toda, cheia de histórias e experiências para que se perca no tempo. É preciso olhar para eles, dá ouvidos a eles, aprender com eles como viver a vida de forma que se possa deixar aos outros, pelo menos, boas lembranças.

O relato de um pai recém-nascido

Escrevo este texto com a clareza que minhas palavras não conseguirão traduzir plenamente a experiência que quero descrever. Na verdade, nenhum livro, nenhum manual, nenhum guia será capaz de fazer isso com precisão. Mesmo assim, vou tentar explicar aquele momento, que, para mim, é paradoxal. E, de antemão, peço que me perdoem se eu cair…