Quero voltar para a minha casa

Dona Isabel* entrou na pequena capela com um sorriso radiante. Ela estava feliz por encontrar o grupo que viera visitá-la naquela manhã nublada de domingo. Logo que se acomodou em uma das cadeiras brancas, ao lado de Laís, a senhora baixinha e sorridente puxou conversa. Mas quando a jovem visitante perguntou como tinha sido a…

O Cão de Caça do Céu e o menino sorriso

“Menino sorriso”. Recebi este “título” na infância. Não lembro de quem, só sei que ele me definiu até, aproximadamente, meus quinze anos. O meu sorriso sem graça era a máscara que escondia, ou revelava, minha timidez: a vilã responsável pela minha dificuldade em fazer amigos e que, consequentemente, me transformava naquele menino desajeitado que ninguém…